Sim, eu faço a diferença!

shutterstock_19456234

Olá, caro (a) leitor (a)!

Como  Vai? Espero que esteja bem!

Você já teve esse momento?

As vezes nos questionamos do por que as coisas não acontecem da forma que gostaríamos, principalmente na vida profissional.

E começamos a procurar a explicação para esses questionamentos: -“Estudei muito, falo outros idiomas, tenho bastante experiência, mas não consigo achar um trabalho dos meus sonhos. Quando acho, tudo parece ir bem, nos primeiros meses, mas depois começo a ficar entediado, criticando tudo e todos, desmotivado, sem vontade de ir trabalhar. Deve ser uma fase ruim, pois eu sempre faço as coisas da forma certa”.

Mas será mesmo, que você está agindo da forma certa? Será que não está faltando algo? As vezes simples iniciativas é o que está faltando para as coisas começarem a “andar”. Uma delas é parar de achar que o motivo da sua insatisfação está nos outros. Claro, que algumas situações podem ser causadas por terceiros, mas não custa nada, parar para refletir aonde está o motivo da sua desmotivação.  Afinal, a nossa realidade começa em nós mesmos. A nossa vida é a reação das nossas ações.

Para ajudar você a refletir sobre esse assunto, trago hoje dez dicas da Stefi Maerker . Tenho certeza que vai fazer a diferença na sua vida profissional e pessoal.

Todo mundo consegue fazer a diferença, mas a dúvida é COMO? Existe fórmula para criar um diferencial?

Vamos as dicas?

“Acredito que existem algumas posturas que podem e devem ser adotadas por qualquer profissional, não apenas nas épocas difíceis, mas em seu dia a dia para manter sua empregabilidade.

 Essas são as dicas para manter-se empregável:

1 Faça acontecer: Não fique parado, levante e lute, não espere que as oportunidades cheguem até você. Tome atitudes que normalmente não tomaria, ligue para todos seus conhecidos, visite-os, leve seu currículo a cada um deles, peça recomendações e invista conscientemente em seu Networking. Este é seu maior tesouro neste momento. Grandes mentes não esperam oportunidades, as fazem acontecer.

2 Seja diferente: Fuja do comum, do convencional, chame a atenção para o seu perfil. Isto vale para a introdução de um e-mail, envio de currículo, apresentação pessoal, atitudes. Certa vez uma profissional apareceu em nosso escritório sem ter hora marcada. De aparência diferenciada, pedimos que entrasse e aguardasse para que pudéssemos atendê-la. Quando a campainha da porta tocou e ninguém estava presente para atender, ela levantou e recebeu o visitante como gostaria de ser recebida, usando o nome da empresa e diferenciando-se, ainda, pela boa vontade, sorriso e comprometimento com que o atendeu. Foi contratada na hora!

3 Transmita paixão pelo que faz: As empresas buscam colaboradores felizes com sua escolha profissional e equilíbrio com a vida pessoal, que tenham energia positiva para despender no trabalho e o façam de maneira otimista. Pessoas de baixo astral, desanimadas e desacreditadas não conseguem vender seu potencial e por isso têm maior dificuldade em se recolocar.

4 Estabeleça um objetivo real e prático: Tenha clareza e segurança do que você busca e onde quer chegar. Atirar para todo lado faz com que você perca o foco – saiba ampliar sua gama de opções sem fugir de sua meta. As pessoas podem ajudá-lo a caminhar para chegar lá, mas não podem decidir qual caminho tomar por você.

5 Esteja atento a mudanças: Na economia, no mercado de trabalho, nas empresas, nas funções. Adote uma posição flexível e encare problemas e adversidades com a mente aberta, corporações modernas buscam profissionais que tenham capacidade de se adaptar ao novo com agilidade, engajando-se e participando ativamente de processos de transição.

6 Esteja disponível e aprenda pedir ajuda: A Veja de Novembro de 2002 trazia uma frase importante que dizia: – “O sucesso de um negócio surge quando os clientes se transformam nos melhores propagandistas desse negócio”. Quando seu cliente recebe mais que o combinado, fica com uma dívida de coração e passa a trabalhar para você, divulgando seu nome. Portanto ajude, seja cooperativo, pois o se maior negócio agora é sua carreira, portanto crie o seu produto. Mais tarde, se estiver tranquilo por dividir preocupações, poderá usar sua cabeça para criar novas estratégias para fazer a diferença.

7 Sonhe alto, muito alto: Quanto eu quero? Um milhão!!! Quanto mais alto você sonha, mais além pode chegar. Não economize, se sonhar baixo e alto dá o mesmo trabalho… sonhe alto! Mas cuidado, o plantio é opcional… A colheita é obrigatória… Por isso cuidado com o que planta.

8 Tenha um plano: Sonhar é ótimo, mas o sonho precisa tornar-se realidade. Para tanto, saiba como fazê-lo acontecer. Empreendedores fazem a diferença.

9 Busque o equilíbrio físico e mental: Mesmo nas fases mais difíceis, descanse a cabeça, seja através de um programa de TV ou de um hobby. Hobbies não precisam ser caros, precisam trazer satisfação pessoal. Não deixe que o stress – seja ele mental ou físico – tome conta da sua vida por você. Acredite que às vezes pode acontecer com você, por isso é mais fácil evitar do que remediar, especialmente quando a fase já não é das melhores. Reserve um tempo pra você fazer o que gosta, nem que isto sirva apenas, neste momento, para cuidar de sua autoestima.

10 Acredite em você: Saiba ao pé da letra quais são suas paixões, onde você se destaca, o que faz bem, quais são seus pontos fortes e onde pode melhorar. Pontos fracos nada mais são do que desafiadores que o tornam alguém melhor. Procure encarar o copo sempre meio cheio e nunca meio vazio, focalize a resolução dos problemas e não perca muito tempo procurando justificá-los apenas. Lembre-se de que sucesso traz sucesso, alegria traz alegria, segurança gera segurança… você recebe aquilo que você dá, portanto, ofereça o seu melhor. Lembre-se de um velho ditado de Marion Lawense que diz: “Quem semeia um pensamento, colhe um ato; quem semeia um ato, colhe um hábito; quem semeia um hábito, colhe um caráter; quem semeia um caráter, colhe um destino.”

Manter-se atualizado (a) é também muito importante!

“Seja a diferença, faça a diferença”. Foco, pensamento positivo e ação.

Desejo-te muito sucesso!

Paz e Luz

Por Lumara Diniz.

Dicas: Stefi Maerker. Sim, eu faço a diferença! [S.l.: s.n.].

Imagem: Google Imagem.

One thought on “Sim, eu faço a diferença!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *